DRF/AJU realiza visitas técnicas aos NAFs de universidades e faculdades de Sergipe.

19 de junho de 2019

As visitas tiveram como objetivo o planejamento para as ações do segundo semestre.
DRF/AJU realiza visitas técnicas aos NAFs de universidades e faculdades de Sergipe.

Nas duas últimas semanas do mês de maio, a Delegacia da Receita Federal do Brasil em Aracaju (DRF/AJU) realizou visitas técnicas aos Núcleos de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) da Universidade Tiradentes (Unit), da Faculdade Estácio de Sergipe, da Faculdade Sergipana (FASER) e da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Representando a Delegacia, fizeram as visitas os analistas-tributários Thayla dos Anjos e Sandro de Carvalho Souza.

Na manhã do dia 24, os servidores foram ao NAF Unit e se reuniram com Flávia Karla Gonçalves, coordenadora do NAF desde 2017. Na tarde do dia 28, foi feita uma visita técnica ao NAF FASER, acompanhada de uma reunião com o coordenador do NAF, Sérgio Ricardo, e com coordenadora do curso de ciências contábeis Márcia Machado. Na manhã do dia 29, a Faculdade Estácio de Sergipe recebeu os servidores da Delegacia para a reunião técnica com o coordenador do NAF Estácio, Washinton Pinto. E na tarde do dia 30, uma reunião com a coordenadora do NAF UFS, Sirley Maclaine, aconteceu no Gabinete da DRF/AJU com a presença do Delegado Marlton Caldas de Souza.

 

As três primeiras ocasiões aconteceram com o mesmo objetivo: ponderar acerca das demandas de palestras necessárias para os alunos e analisar possíveis estratégias para ampliação de serviços prestados e de alunos interessados em participar do Núcleo. Já no caso do Universidade Federal de Sergipe, a reunião foi para planejar a implantação do NAF UFS, uma vez que um termo de cooperação já foi firmado entre a Universidade e a Delegacia da Receita Federal do Brasil em Aracaju.

Para Sérgio Ricardo, coordenador do Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal  da FASER, todo esforço para manter um NAF ativo é de extrema relevância, pois ele funciona como a prática da teoria aprendida em sala de aula, e "O conhecimento que o aluno obtém com a prática é levado para a vida inteira!", afirma. O analista-tributário Sandro Souza concorda e complementa que as visitas e reuniões técnicas também possuem uma importância que alcança a população em geral, pois "[...] São importantes para conhecer e verificar as necessidades dos Núcleos afim de aprimorar o atendimento prestado à sociedade."

 

Abaixo, alguns registros da Ascom: