NAF Uninabuco apresenta estudo sobre o perfil dos contribuintes

06 de junho de 2019

Como parte integrante de metodologia ativa de aprendizado, o estudo, voltado para o desenvolvimento do NAF e melhoria do atendimento, traça um perfil estatístico dos contribuintes atendidos.
NAF Uninabuco apresenta estudo sobre o perfil dos contribuintes

O Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) da Uninabuco apresentou à Receita Federal, no dia 21/05, uma abordagem de ensino que potencializa o aprendizado dos estudantes que realizam os atendimentos. Essa metodologia ativa de aprendizado busca despertar nos estudantes uma melhor compreensão sobre a realidade social que os cercam, através da análise do perfil dos contribuintes atendidos pelo projeto “Imposto de Renda Solidário”.

NAF02O projeto “Imposto de Renda Solidário” da Uninabuco é um mutirão de atendimento gratuito, de caráter social, realizado todos os anos durante o período da declaração do imposto de renda pessoa física, que tem como objetivo ajudar as pessoas que ainda não sabem fazer a sua declaração de ajuste anual. A partir dos atendimentos realizados em 2019, um grupo de iniciação científica criado exclusivamente para essa finalidade, realizou um estudo estatístico com mais de 350 contribuintes onde foram levantados informações como renda, ocupação, gênero, faixa-etária, dependentes, imposto a restituir, imposto a pagar, entre outras.

NAF04

Os dados estatísticos levantados pelo grupo de iniciação científica da Uninabuco, através do projeto “Imposto de Renda Solidário”, e os impactos dessa metodologia ativa na aprendizagem dos estudantes, foram apresentados pela professora Maria de Lara e pela estudante Cássia Kiss. Além dos estudantes e professores dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Direito, também estiveram presentes no evento o auditor-fiscal Darci Mendes de Carvalho, delegado da DRF/Recife; a auditora-fiscal Mariana Valença, chefe da Divic04 e a analista-tributária Irene Patrícia Melo, representante NAF na DRF/Recife.

NAF03Segundo a professora Maria de Lara, a facilidade do acesso à informação que temos atualmente gera a necessidade do desenvolvimento de modelos educacionais dinâmicos e interativos. “Nessa interação sociedade, estudantes e universidade, os resultados obtidos a partir da análise do perfil dos contribuintes apontam para uma experiência que vai muito além da simples análise estatística de dados. Essa metodologia proporciona aos estudantes uma percepção da realidade que os fazem refletir sobre a importância dos NAFs, ressignificando o próprio aprendizado, o que acaba por impactar também na melhoria dos serviços prestados à população”, esclareceu a professora e coordenadora do projeto.

 

A apresentação e o artigo científico estão disponíveis na funcionalidade documentos, aqui na RED NAF.