Receita Federal presta assistência técnica sobre NAF para países da América Central

16 de julho de 2018

 Gerente nacional do NAF, da 8ª Região Fiscal, participou de eventos em El Salvador e Honduras.
Receita Federal presta assistência técnica sobre NAF para países da América Central

Nos dias 25 a 27 de junho, em Tegucigalpa, capital de Honduras, na América Central, a Receita Federal prestou assistência técnica sobre a experiência de Educação Fiscal idealizada pelos Núcleos de Apoio Fiscal e Contábil (NAF) a pessoas físicas e jurídicas de baixa renda.

A Assistência Técnica foi coordenada pelo EUROsociAL Plus (Programa para a Coesão Social na América Latina), em parceria com a Receita Federal e o Servicio de Administración de Rentas (SAR), o fisco hondurenho. A Universidad Nacional Autónoma de Honduras (Unah) também participou.

A gerente nacional do NAF, analista-tributária Ana Paula Sacchi Kuhar, da 8ª Região Fiscal, representou a Receita Federal.

Durante o encontro, as universidades convidadas pelo SAR puderam conhecer em detalhes a natureza e o alcance dos NAF e estabelecer um plano de ação que permitirá, nos próximos meses, sua implementação adaptada à realidade de cada instituição em Honduras.

El Salvador

Em 28 e 29 de junho, as atividades foram desenvolvidas em San Salvador, capital de El Salvador, país vizinho a Honduras. A Dirección General de Impuestos Internos organizou um encontro com oito universidades de El Salvador. A gerente nacional do NAF prestou assessoria relacionada aos seguintes temas: implantação e estruturação de um núcleo, estratégias de comunicação, serviços oferecidos em um NAF, estratégia de monitoramento de dados, plataforma virtual utilizada para capacitação dos alunos NAF, sustentabilidade do NAF e boas práticas.

Sobre o NAF

Com o objetivo de desenvolver a moral tributária e a coesão social, a Receita Federal iniciou, no ano de 2011, um projeto pioneiro de Educação Fiscal, no âmbito universitário, de apoio às pessoas físicas de baixa renda e às micro e pequenas empresas. Essa iniciativa, que no Brasil é chamada de Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), tem como finalidades principais:

1. Dar suporte contábil e fiscal às pessoas físicas de baixa renda, às micro e pequenas empresas e ao público interno das instituições de ensino onde os núcleos se situam.

2. Agir como centro de geração de conhecimento fiscal, por meio de grupos de estudos envolvendo estudantes, professores e profissionais da administração tributária, mesas de discussões, palestras, seminários, estudos de casos concretos e visitas de estudantes às oficinas da Receita Federal, além de outras formações e capacitações oferecidas aos estudantes universitários.

Atualmente, existem 318 NAF implementados em universidades brasileiras. Com apoio metodológico da Receita Federal e intermediação do EUROsociAL, foram implementados Núcleos também nos seguintes países: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Equador, México e Peru.

 
Ações do documento